O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas), por meio da Agência Peixe Vivo, assinou um contrato de comodato com a ArcelorMittal Brasil referente a área onde localiza-se o Viveiro de Mudas Langsdorff, no dia 13 de março, em Belo Horizonte. Comodato é o empréstimo gratuito no qual a única obrigação de quem recebe o bem é devolvê-lo no prazo combinado e nas mesmas condições que recebeu. O contrato entre o Comitê e a ArcellorMittal Brasil tem o prazo de 5 anos, podendo ser renovado.

Estiveram presentes na assinatura o presidente do CBH Rio das Velhas, Marcus Vinícius Polignano, os diretores da Agência Peixe Vivo, Célia Fróes, Alberto Simon e Ana Cristina da Silveira, a assessora técnica a Agência Peixe Vivo, Patrícia Sena e os representantes da ArcelorMittal, Luciana Magalhães e Roberto Barbosa.

O presidente do CBH Rio das Velhas explica que esta foi uma parceria que deu muito certo. “Estamos avançando nesta parceria. Com a participação da Agência Peixe Vivo na parceria poderemos investir recursos no Langsdorff, tornando-o um importante viveiro de mudas nativas e que será fundamental para a recuperação da bacia do Rio das Velhas”, afirma.

O representante da ArcellorMittal Brasil, Roberto Barbosa, demonstrou satisfação com a parceria. “Ações como esta mostram a responsabilidade socioambiental da empresa”, diz.

Em outubro de 2016, o CBH Rio das Velhas, Agência Peixe Vivo e ArcelorMittal Brasil firmaram uma parceria para recuperação e operacionalização do Viveiro de Mudas Langsdorff. O objetivo é de recuperar nascentes e matas ciliares da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas e mitigar os gases de efeito estufa (GEE) decorrentes das emissões geradas no transporte de produtos da ArcelorMittal Brasil até seus clientes finais. O viveiro entrará em operação com a produção anual de 30 mil mudas, que serão destinadas a projetos de recuperação hidroambiental contratados ou apoiados pelo CBH Rio das Velhas.

O viveiro de mudas nativas foi inaugurado em novembro de 2012, no município de Taquaraçu de Minas, na UTE Rio Taquaraçu. O viveiro é fruto de uma parceria entre o CBH Rio das Velhas, Subcomitê do Rio Taquaraçu, Arcellor Mittal, e Agência Peixe Vivo para a realização de ações de recuperação ambiental e mobilização social na Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas e de seus afluentes. O local onde atualmente é utilizado pelo viveiro Langsdorff é uma área cedida pela empresa Arcelor Mittal, parceira do CBH Rio das Velhas.

Veja fotos da reunião de assinatura do comodato